Por: Caue Fonseca

Se nós tivéssemos o hotel perfeito, como ele seria?

Foi dessa provocação -na verdade, uma brincadeira entre um casal durante as viagens de férias- que nasceu a ideia do Hotel Colline de France, inaugurado em 2018 em Gramado, no Rio Grande do Sul.

O empreendimento, fundado por Ana Clara Tomazi, 36, e Jonas Tomazi, 41, tem apenas 4 em 2.400 avaliações inferiores à nota máxima no TripAdvisor.

A pontuação levou o hotel ao topo do ranking do site de viagens no ano passado. Em 2022, ele perdeu apenas para uma hospedagem na Costa Rica.

Antes do Colline de France, Ana Clara trabalhava como diretora de uma empresa calçadista e Jonas, como corretor de imóveis. O casal não divulga o valor investido para colocar o hotel de pé, apenas que foi na casa dos oito dígitos. O funcionamento do negócio exige cerca de R$ 200 mil por mês.

Para manter o hotel de 34 leitos ao mês, tem um gasto variável em torno de R$ 200 mil, dependendo da duração das ocupações.

Com 34 leitos, o estilo do Colline de France remete ao país em meados do século 19. A escolha do casal foi pensada para diferenciar o local dos demais, também de estilo europeu, localizados na serra gaúcha.

"Hotéis alemães, há diversos em Gramado. Italianos também. Optamos pelo francês, que nos remete a um estilo mais suave, romântico e de boa gastronomia", explica Ana Clara.

Escolhido o estilo geral, o casal partiu para os detalhes: maciez dos lençóis, dimensões das toalhas, crocância dos doces e salgados e até mesmo o aroma do hotel.

O "cheirinho de Colline" foi elaborado por perfumistas de uma empresa especializada em Gramado, a Santho Aroma, para passar a sensação de aconchego.

Sem estar vinculado a nenhuma grande rede hoteleira e sem a pretensão de competir com destinos turísticos de luxo, como Dubai e Las Vegas, os proprietários do Colline atribuem a colocação no ranking mundial, sobretudo, ao atendimento extremamente atencioso.

"Se você puder gastar o máximo em cada detalhe, pode ser que chegue bem perto de um ideal. Mas, da nossa própria experiência, podemos dizer que os melhores lugares que já estivemos foram os que nos sentimos mais bem acolhidos. Isso, dinheiro não pode comprar", diz Ana Clara.

Por esse mesmo motivo, uma avaliação inferior a cinco estrelas é recebida com pesar.

"Às vezes é uma questão de gosto, como a iluminação mais suave do hotel, que pode não agradar a todos. Mas uma avaliação não tão positiva já nos levou a reflexões importantes e a revisar processos", conta a proprietária.

São detalhes como entregar a torre de boas-vindas -um mimo de doces e salgadinhos- mais próximo à chegada dos hóspedes, para que não sejam degustados frios.

O preço da diária varia conforme cinco categorias de hospedagem, começando em R$ 900 e chegando a R$ 4.000. A disponibilidade depende dos dias da semana escolhidos.

Finais de semana de inverno, a alta temporada de Gramado, e datas comemorativas são mais difíceis. O dia dos namorados, por exemplo, já está esgotado há quase um ano. Mas há disponibilidade em datas próximas para dias menos concorridos. Para 2023, mais do que hóspedes em quantidade, Ana Clara mantém a busca por hóspedes satisfeitos.

"Para voltar ao número 1 do ranking, lógico", diz.

Redação

O curso MBA em Gestão de Serviços tem 14 anos de existência e já se encontra na 16ª turma e está ligado a Faculdade de Turismo e Hotelaria da Universidade Federal Fluminense, sediada no Estado do Rio de Janeiro. 

O curso tem cerca de 360 horas e duração de aproximadamente de 12 meses. Em 2021/2022 será ofertado totalmente em modo virtual.  (Não é uma modalidade de EAD e sim uma adequação do modelo presencial ao modelo virtual).

Os nossos docentes passam por atualizações permanentemente (aprendizagem em ambientes virtuais de  ensino) para  potencializar o processo de aprendizagem.  Usaremos a plataforma Google Meet   e outros aplicativos   para a intermediação dos nossos encontros virtuais.

A matriz pedagógica foi adequada e desenvolvida com um Módulo Central que objetiva sedimentar os conceitos gerais e gerenciais contemporâneos comuns às áreas de gestão de serviços, nomeadamente, turismohotelaria e eventos. Ao final do módulo central o aluno pode optar por uma das ênfases (turismo, hotelaria e eventos). Caso o aluno deseje cursar mais de uma ênfase, a coordenação oferece condições especiais e descontos progressivos.   

Para as  turmas de 20212022,   desenvolvemos uma nova e dinâmica metodologia denominada Master Class, que  possibilitará ao longo do curso a  inserção de  diversas personalidades de renome nacional  e internacional  que debaterão sobre os temas mais relevantes ligados ao turismo, a hotelaria e eventos no Brasil e  no Mundo.

Outro diferencial do MBA é um Módulo Internacional que em função da pandemia está temporariamente suspenso, porém, com previsão de 2022 voltar em setembro a acontecer.  Normalmente ocorre na Universidade de Aveiro, na cidade de Aveiro, Portugal (já estamos na 7ª edição deste módulo que tem a duração de uma semana. Trata-se de uma imersão e em cada ano temos uma abordagem (áreas de conhecimento diferentes). Tradicionalmente na 1ª semana do mês de setembro (agende suas férias neste período).

Temos condições especiais para os parceiros institucionais, dos quais destacamos: SETUR-RJ, TURISRIO, NELTUR, ABAV-RJ, ABEOC-RJ, ABIH-RJ, CVC, BCVB, FCVB-RJ, CVB-RJ, ABBTUR Nacional, ABAV Nacional e ABIH Nacional.    Ampliado para os colaboradores municipais do ERJ.

O investimento é de 18 parcelas de 450 reais sem os descontos institucionais. O módulo internacional não está incluso e dá direito a apenas uma das ênfases. Caso o aluno queira complementar sua formação o investimento será de mais 450 reais por ênfase, podendo ocorrer um desconto progressivo, em função da procura.

Estamos à disposição para eventuais questionamentos. Faça contato com a secretaria do curso, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo WhatsApp 21 99330-8080.        Agora para todo ERJ e para todo Brasil. Aproveite esta oportunidade!  A segunda turma está com as inscrições abertas e tem previsão para iniciar em agosto de 2021.

Joana Cunha (Folhapress)

O Airbnb lança nesta segunda-feira (28) um manual de diversidade para orientar os anfitriões do site na recepção de hóspedes LGBTQIA+. O documento tem informações sobre diversidade de gênero e traz recomendações como evitar perguntas pessoais e buscar entender o pronome e nome de preferência do hóspede.

O material foi elaborado em parceria com a associação internacional IGLTA que representa o setor de turismo LGBTQIA+. A empresa diz também que tem uma política contra discriminação e exige que os anfitriões aceitem um termo de compromisso sobre o tratamento sem preconceito a pessoas de diferentes raças, religião, origens, etnias, gênero, idade ou orientação sexual.

Siga-nos