Em parceria com Travel Ace e Futurum, evento contou com a presença do presidente William Périco e de cerca de 30 agentes de viagens Foi realizada na manhã da última segunda-feira, na sede da Travel Ace Assistance, no centro da capital paulista, a palestra “Que tipo de concorrência vivemos hoje?”, voltada aos agentes de viagens. Em parceria com a Abav-SP (Associação Brasileira de Agências de Viagens de São Paulo), o evento teve como objetivo apresentar o projeto Gestão Organizacional Sustentável, cuja meta é tornar mais competitivos os serviços oferecidos pelos profissionais que atuam no mercado de Turismo.

O encontro contou com a participação de William Périco, presidente da Abav-SP, e de cerca de 30 representantes de agências de viagens. “A presença de vocês aqui é muito importante. Aqueles que buscam se aperfeiçoar já estão à frente dos demais”, afirmou Périco. O líder ainda discursou sobre o quanto é relevante integrar uma entidade de classe, alegando que somente por meio da união do setor a sobrevivência estará garantida.

Ministrada por João Carlos de Noronha, fundador e diretor-executivo da Novo Valor Consultoria Empresarial, a palestra abordou o quanto é importante que uma empresa defina políticas e diretrizes para garantir que seu trabalho seja executado com qualidade e destacou oito princípios básicos, indispensáveis ao sucesso de qualquer organização: foco no cliente, liderança, envolvimento das pessoas, abordagem de processos, abordagem sistêmica para gestão, melhoria contínua, abordagem factual para tomada de decisão e benefícios mútuos nas relações com fornecedores.

No total, o projeto será composto por quatro módulos: Gestão Estratégica, de Processos, de Recursos Humanos e Sustentável. Após finalizadas estas etapas, cada uma das agências participantes será reconhecida como Empresa Padrão de Qualidade e Sustentabilidade, além de receber o certificado “Abav-SP – Sistema de Gestão Organização Sustentável” e estar a um passo de serem certificadas com a ISO 9001.

Noronha ainda mencionou o fato de que cada vez mais as empresas têm incorporado sustentabilidade ao seu planejamento, o que é bom para o meio ambiente e para o orçamento da agência. “Enquanto entendermos que sustentabilidade é problema do outro, sociedade e planeta sofrerão as consequências, pois o ‘outro’ ainda não se sensibilizou”, alertou o executivo.

Siga-nos

 

Mais Lidos

  • Semana

  • Mês

  • Tudo