Dois roteiros revelam os tesouros mais visitados do mundo

 

Com saídas regulares, dois roteiros criados pela operadora Freeway Viagens revelam as principais cidades da China. Neles os turistas percorrerão os tesouros mais visitados do mundo.

Em “O Coração da China”, de oito dias, a primeira parada é Pequim, onde estão incluídas, entre outras, visitas à Muralha da China, à Cidade Proibida, ao Templo do Céu e ao Palácio de Verão da família imperial na dinastia Qing. Está programada, ainda, uma apresentação de Acrobacias Chinesas.

Em Xian, ponto de partida da rota da seda, o ponto alto é o Museu dos Guerreiros, com suas seis mil estátuas de terracota em tamanho natural e que representam um grande exército de guerreiros, cavalos e carros de guerra que guardavam a tumba do Imperador Qin.

Em Xangai, a cidade mais cosmopolita do país, o destaque é o Templo do Buda de Jade. Entre os lugares que serão visitados estão o Jardim Yuyuan e o Malecón da cidade.

Já no roteiro “China Majestosa”, de 10 dias, os turistas continuam a viagem até outros tesouros do país. Em Guilin, os destaques são a Gruta de Flautas de Cana e o cruzeiro pelo Rio Li Jiang, margeado por cadeias de montanhas esverdeadas, picos de formatos raros, rochas e grutas fantásticas.

Em Guangzhou, conhecida como Cidade das Flores, estão previstas visitas ao Auditório em honra ao Dr. Sun Yat-Sen e à Casa Ancestral da Família Chen, uma maravilhosa joia arquitetônica.

O roteiro terrestre do pacote “O Coração da China” sai a partir de U$ 1.779 por pessoa em apartamento duplo e inclui, entre outros serviços, acomodação por 3 noites em Pequim, 2 em Xian e 2 em Xangai – todas com café da manhã -, almoços ou jantares em restaurantes locais, traslados e passeios regulares com assistência em espanhol, além de passagens aéreas em classe econômica para os trechos internos.

O roteiro terrestre do pacote ”China Majestosa” custa a partir de U$ 2.789 por pessoa em apartamento duplo e inclui, entre outros serviços, acomodação por 3 noites em Pequim, 2 em Xian, 2 em Xangai, 1 em Guilin e 1 em Guangzhou - todas com café da manhã -, almoços ou jantares em restaurantes locais, traslados e passeios regulares com assistência em espanhol, além de passagens aéreas em classe econômica para os trechos internos.

 

Siga-nos