0
0
0
s2smodern

A Inframerica calcula para o feriado de Páscoa um fluxo médio de 212 mil passageiros no Aeroporto de Brasília entre os dias 29 de março a 2 de abril. A movimentação prevista para as datas deverá superar em 3,5% o mesmo período do ano passado.

São esperados 1.773 pousos e decolagens e mais 15 voos extras. O dia mais movimentado deverá ser na quinta-feira, com pico a partir de 17h e uma movimentação de aproximadamente 51 mil passageiros ao longo do dia. Na 6ª feira, feriado, o fluxo será maior durante a manhã e a previsão é de 41 mil usuários. Quem deixar para retornar na segunda-feira (2 de abril), a estimativa é de cerca de 55 mil passageiros.

A concessionária lembra que a companhia aérea Azul opera no Terminal principal do Aeroporto. O Terminal 2 foi desativado em março de 2017. É importante reiterar também que todos os passageiros passarão por inspeção de raio-x ao embarcar, e que alguns poderão ser selecionados para revistas aleatórias conforme prevê a legislação da Agência Nacional de Aviação Civil. Por isso, é recomendado chegar com 1h30 de antecedência para voos domésticos e 2h30 para voos internacionais.

É importante ressaltar que cada companhia aérea tem sua regra de bagagem, respeitando a resolução 400 da ANAC. Fique atento ao volume, quantidade e peso da sua bagagem de mão. Evite filas e atrasos no seu embarque.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores