0
0
0
s2smodern

O Grupo CCR, por meio da AERIS Holding Costa Rica, concessionária criada em parceria com o poder público local, comprará, junto ao sócio Airports Worldwide Holding B.V. (AWW), empresa controlada pelo fundo de pensão canadense OMERS, 48,40% da participação nas operações do Aeroporto Internacional Juan Santamaria, na Costa Rica.

Com aporte de US$ 60 milhões, a empresa brasileira passará a deter 97,15% do ativo, conquistando credencial de operadora integral do aeroporto, que ainda conta com a presença societária de duas companhias costa-riquenhas: Integración e Edica e, indiretamente, da americana HAS Development Corporation. A conclusão financeira está condicionada ao cumprimento de condições precedentes.

A compra da nova fatia vem seis anos após a aquisição dos primeiros 48,75% do principal terminal do país centro-americano. Desde então, a CCR Aeroportos – divisão do Grupo CCR responsável pela gestão dos ativos no segmento aeroportuário – acumulou experiência e multiplicou o portfólio nesse sentido, com operações no Novo Aeroporto Internacional de Quito, no Equador; no Aeroporto Internacional de Curaçao, nas Antilhas Holandesas; no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais; e com a prestadora de serviços aeroportuários TAS, nos Estados Unidos.