Pin It

O Procon-SP multou em 3,5 milhões de reais a empresa GOL por infringir o Código de Defesa do Consumidor em uma promoção promovida pela a aérea no dia 18 de junho deste ano.

A ação da companhia aérea, ocorreu durante o jogo do Brasil e Venezuela, e ofertava 140 passagens aéreas internacionais aos “países da Copa América” por 3,90 reais, sem taxas, para venda somente no site.

No dia seguinte, a GOL foi notificada a prestar esclarecimentos devido aos problemas relatados por consumidores no momento de efetuar a compra.

O Procon verificou que 78 passagens foram compradas por pessoas físicas vinculadas a operadoras de turismo que atuam no mercado como agências de viagens (CVC, ViajaNet, Nascente Tour, De Mochila Pronta, O Turismo, Skyteam, Arktur, ASM Viagens, Belvitur, EsferaTur, RexturAdvance).

Ainda, o órgão afirma também que a Gol deixou de informar em sua publicidade "informações essenciais que influenciam na decisão de compra do consumidor", como detalhes do período da promoção, quantidade de passagens e entre outros.