O balneário, que reúne uma rede hoteleira de qualidade, tem diversas opções para adultos que querem descansar a mente, mas sem deixar o trabalho de lado

Em tempos de isolamento social, muitas pessoas têm buscado alternativas para melhorar o trabalho remoto e ainda ter momentos de descanso. Conciliar trabalho e lazer pode ser um desafio para muitos, enquanto para outros a alternativa é buscar refúgio em meios de hospedagem que ofereçam boa estrutura para trabalhar e, claro, para curtir. Em Porto de Galinhas, a 50 km da capital pernambucana, hotéis têm se preparado ainda mais para oferecer o chamado “Hotel Office” aos hóspedes.

Preparados para viver o “novo normal”, os hotéis adotaram uma séria de medidas para atender os turistas com muita responsabilidade. No mês passado, o destino divulgou o Manual de Boas Práticas de Atendimento, Higiene e Segurança, criado pela Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG) em parceria com o Real Hospital Português (RHP) e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio do Departamento de Hotelaria e Turismo. O documento traz as novas medidas que serão adotadas pelos meios de hospedagem, frente a pandemia do Covid-19, as quais serão utilizadas desde a recepção dos hotéis até a forma como os trabalhadores exercem suas atividades.

Conhecido por suas praias e restaurantes, o balneário de Porto de Galinhas também é famoso por abrigar a melhor rede hoteleira do Brasil. Quem busca conforto e infraestrutura para executar seu trabalho com excelência já tem destino certo. Foi pensando exatamente nisso que a paulista Juliana Paiva, de 37 anos, resolveu passar parte da quarentena no paraíso, sem deixar o trabalho de lado.

“Eu poderia ficar trabalhando de casa, mas pensei: por que não trabalhar de frente para o mar? Inclusive, a minha equipe de trabalho chegou até a comentar que eu estava muito mais produtiva. Só em olhar para o mar todos os dias já era um grande diferencial. Sem dúvidas, é a melhor maneira para trabalhar, deveria ser assim para sempre”, comenta Paiva, que ficou 50 dias hospedada na Pousada Xalés de Maracaípe. Segundo Juliana, a tranquilidade que ela encontrou ao trabalhar todos os dias perto do mar trouxe a ela diversos brainstormings e ainda melhorou o relacionamento dela com sua equipe.

Siga-nos