Para além da tradicional Baden Baden, pequenas casas artesanais pululam no meio da floresta ou em pubs da cidade

Por Sandro Macedo

Campos do Jordão - Até a primeira metade do século 20, Campos do Jordão (167 km de São Paulo) era muito procurada por pessoas que buscavam se recuperar de tuberculose ou outras doenças pulmonares.

Na segunda metade, a cidade passou a explorar seu lado turístico, com edificações em estilo suíço e o melhor festival de música clássica do país, o Festival de Inverno de Campos do Jordão, que aumenta ainda mais o charme local na estação mais fria do ano.

No entanto, fondues, chocolates, Mozart e ar puro à parte, existe uma razão mais improvável para visitar Campos do Jordão: um tour cervejeiro. Sim, provavelmente você já cruzou por aí com algum rótulo da Baden Baden, marca tradicional da cidade, mas há outras pequenas cervejarias artesanais prontas para conquistar do cervejeiro iniciante ao mais exigente (e até dá para comer um fondue também, se for o caso).

São cervejarias como a pequena e excelente Gard, uma "farmhouse brewery" dentro do Horto Florestal, os brewpubs Caras de Malte e Vemaguet 67 (este, recém-inaugurado), ou a Campos do Jordão, localizada em uma enorme área verde batizada de Parque da Cerveja.

Todas estão reunidas no festival gastronômico Cervejas & Sabores, elaborado em parceria com a Associação Cozinha da Mantiqueira e que harmoniza pratos, petiscos e até sobremesas com estilos cervejeiros. O evento termina em 8 de novembro, mas as cervejarias podem ser visitadas o ano inteiro. Conheça algumas delas:

Cerveja Campos do Jordão

Depois de anos como cigana, a cervejaria agora tem sua própria fábrica instalada no belo Parque da Cerveja, um grande espaço da marca dedicado aos fãs do lúpulo.

Lá é possível visitar as instalações, de onde saem estilos como lager, dunkel, ginger, avelã, american IPA, dark strong ale e special ale com pinhão, a marca registrada da casa, uma cerveja escura, bem aromática, com 6,5% de teor alcoólico

Outros estilos sazonais também aparecem nas torneiras eventualmente. Todas podem ser degustadas no restaurante ao lado da fábrica, o ótimo Alto da Brasa, com carnes de diversos cortes e outros pratos que harmonizam com as cervejas. Na parte externa do restaurante há uma grande área aberta onde é possível fazer um "beernic".

Parque da Cerveja "" Cervejaria Campos do Jordão "" Estr. Mun. Paulo Costa Lenz Cesar, 2.150, Gavião Gonzaga, tel. (12) 3663-1122. Seg. a dom.: 10h às 17h.

Gard

Cervejeiros mais serelepes não podem deixar Campos sem conhecer a Gard, uma das melhores experiências lupuladas nesta ou em qualquer outra região de São Paulo. Quase escondida no paradisíaco Horto Florestal da cidade, trata-se de uma nanocervejaria, com capacidade para pouco mais de 2.000 litros por mês.

Sendo assim, é possível encontrar sempre estilos novos, o que nunca falta são os campeões de audiência bohemian pilsner e india pale ale. No dia da visita, por exemplo, era possível encontrar uma ótima alt bier, no melhor estilo de Dusseldorf, ou uma leve e refrescante american wheat –esta, vendida também no restaurante Dona Chica (também no Horto). A Gard também já fez colaborativas com artesanais conhecidas dos paulistas, como Dogma e Casa Avós.

Av. Pedro Paulo, s/nº, Horto Florestal, Campos do Jordão, tel. (12) 99117-6522. Seg. a dom.: 11h às 17h. Restaurante Dona Chica, também no Horto Florestal, (12) 99731-3953, Campos do Jordão. Seg. a dom.: 11h30 às 17h.

Caras de Malte

Mais próxima a Capivari, esta brewhouse oferece um menu completo, com duas entradas, dois pratos e sobremesa, cada um harmonizado com uma cerveja diferente da casa. O nome da cervejaria brinca com a expressão Caras de Marte, para dizer que a cerveja vem de outro planeta.
Assim, é possível encontrar rótulos como Antimatéria (uma refrescante munich helles), Radioativa (uma vienna lager bem maltada), Buraco Negro (brown porter) e Asteroide (uma belgian dark strong ale), entre outras. Cervejas sazonais também estão sempre na carta, como uma imperial IPA com goiaba.

Av. Pedro Paulo, 1.500, Descansópolis, Campos do Jordão, Estrada do Horto Florestal, tel. (12) 3662-2530. Seg. a qui.: 11h30 às 18h30; sex. a dom.: 11h30 às 22h.

Microcervejaria Vemaguet 67

Não confunda com o bar, do mesmo proprietário, na muvucada rua Djalma Forjaz. Esta microcervejaria fica ali perto, também no Capivari, e é uma das mais novas fábricas no país: conseguiu sua autorização junto ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) recentemente, em meio à pandemia.

No amplo brewpub, com a fábrica nos fundos, é possível encontrar rótulos como Fumacê (weiss), Reboque (uma bock, estilo meio subestimado no Brasil), Marcha Lenta (pilsen), Furiosa (red) e Turbinada (IPA, a mais alcoólica da casa). O nome faz referência ao antigo carro que, por acaso, o proprietário também tem. Mas o dele é ano 65.

R. Vítor Godinho, 206, Capivari, tel. 3663-4532, Campos do Jordão. Seg. a dom.: 11h às 22h.

Baden Baden

Claro, Campos do Jordão tem a Baden Baden também. A cervejaria nasceu em 1999, quando poucos falavam sobre artesanais. Mais de 20 anos depois, a marca cresceu, foi anexada por diferentes grupos e hoje integra o portfólio da Heineken. É possível visitar a fábrica para fazer um tour, recentemente reformulado.

A visita inclui uma degustação de seus diferentes estilos, incluindo a red ale, primeira experiência da Baden.

Av. Matheus Costas Pinto, 1.653, Campos do Jordão. Tour: R$ 30, das 10h às 17h, de hora em hora. Agenda pelo site badenbaden.com.br. Proibido a menores de 18 anos.

Siga-nos