Muito se conhece sobre a Turquia. O sexto país mais visitado do mundo, de acordo com a Organização Mundial do Turismo, mostra a todos as suas belezas naturais e sua história. Com uma localização privilegiada, entre a Europa e a Ásia, o atual território turco encontra-se onde as primeiras civilizações se desenvolveram, sendo palco de grandes acontecimentos históricos. Prova disso são os vários Patrimônios da Humanidade da UNESCO e sítios arqueológicos localizados no país.

O que ainda não conhecemos sobre a Turquia, vai sendo aos poucos (re)descoberto. Como exemplo temos o mais novo Patrimônio da Humanidade da UNESCO, o sítio arqueológico Göbleki Tepe, localizado próximo à fronteira com a Síria. Ele está sendo pesquisado desde a década de 1990 e novas descobertas e partes da história são contadas a cada nova escavação.

Göbleki Tepe


Mais antigo que o Stonehenge ou que as Pirâmides do Egito, esse sítio tem data do período Pré-Neolítico, com construções que duram aproximadamente 11.500 anos. A descoberta do local intrigou os pesquisadores, uma vez que, nesse período da história, construções como essas não existiam.

Acredita-se que a estrutura de Göbleki Tepe era usada como lugar de rituais, provavelmente funerários. A construção principal é feita com paredes de pedra em forma de círculo, tendo colunas em formato de T na estrutura. O centro desse espaço possui duas grandes pedras talhadas com imagem de homens sem rosto. Há também pedras com imagens de animais selvagens. São detalhes como esses que ajudam a explicar um pouco da complexidade que já definia o perfil e as habilidades dos habitantes dessa região, em uma época tão remota.

Göbleki Tepe é o 18º ponto na Turquia a figurar na lista da UNESCO, que conta também com: sítio arqueológico da cidade de Tróia, áreas históricas em Istambul, cidade de Safranbolu, parque nacional Göreme e sítio de pedras da Capadócia, Hattusha, Monte Nemrut (Nemrut Dag), Aphrodisias, Mesquita de Selimiye, Xanthos-Lethoon, Mesquita e hospital Divrigi e Hospital Ulu, Pamukkale, sítio Neolítico de Çatalhöyük, sítio arqueológico de Ani, Bursa e Cumalikizik, Pergamon, muralhas de Diyarbakire jardins Hevsel e Ephesus.

Todos esses lugares são um convite à história e ao encantamento. As formações naturais, como a de Pamukkale, encantam pela beleza e unicidade. Já os locais construídos pelo homem, seja em tempos mais recentes ou em períodos pré-históricos, enchem os olhos dos amantes da história do mundo.