De acordo com o prefeito Alan Bombeiro, ainda não é possível restabelecer o serviço de hotelaria devido a pandemia do coronavírus

O Prefeito de Mangaratiba, Alan Bombeiro, o Secretário de Cultura, Turismo e Eventos, Roberto Monsores, e secretários de outras pastas do executivo municipal, atenderam ao convite e se reuniram nesta quinta-feira (18) com proprietários de pousadas do município para tratar das questões relativas a retomada do serviço de hospedagem na cidade e investimentos no setor de turístico.

De acordo com o prefeito, ainda não é possível restabelecer o serviço de hotelaria devido a pandemia da covid-19, mas, a Prefeitura está trabalhando em diversos projetos para aquecer o turismo quando a circulação de pessoas puder ser normalizada.

"Neste momento estamos observando a curva de contágio da COVID e o resultado das medidas de isolamento que colocamos em prática no município. Sabemos que os serviços só poderão retornar em sua totalidade quando o risco oferecido pela pandemia estiver controlado, mas, pensando em não prejudicar ainda mais as empresas que recebem os turistas com tanto carinho, estamos estudando a retomada gradual do funcionamento das pousadas. Pedimos mais uns dias para concluir esse estudo. Temos que garantir a saúde e a segurança de todos", explicou o prefeito.

Parcerias e investimentos

Ainda de acordo com ele, há um grande interesse por parte da prefeitura em incentivar o ramo de hotelaria, pois, isso vai garantir que a cidade possa minimizar o impacto financeiro negativo que a pandemia acarretou ao município. Hoje as perdas da arrecadação municipal chegam a 60%.

O prefeito aproveitou a reunião para ouvir os empresários presentes e tirar dúvidas. Ele ainda apresentou um panorama das ações de governo, falou sobre as taxas das operações turísticas e os projetos que estão em desenvolvimento para alavancar o turismo e a infraestrurura da cidade.

"Mangaratiba é uma cidade linda e que merece todos os investimentos no setor de hospedagem e turismo. Nos últimos meses elaboramos diversos projetos de recuperação da orla, de incentivo ao turismo de aventura, de revitalização e sinalização de trilhas, que já despertaram o interesse dos investidores. A pandemia nos atrapalhou, mas, isso não ficará na gaveta. Podem acreditar que darei todo meu empenho para tirar do papel", destacou.

Retomada do turismo

O Secretário de Cultura, Turismo e Eventos, Roberto Monsores, explicou que a Secretaria já montou um planejamento de retomada do turismo, em colaboração com as demais cidades da Costa Verde, para o período pós pandemia.

"Será um novo tempo. Estamos nos preparando para implantar o turismo de excelência em Mangaratiba. Nosso objetivo é explorar de forma ordenada os demais potenciais turísticos da cidade, como o histórico-cultural, o ecoturismo e o turismo de aventura, sem deixar de lado o controle das atividades já realizadas", frisou o Secretário.

Roberto Monsores lembrou que a prefeitura, entre outras ações, está trabalhando no mapeamento das ilhas e trilhas do município, em projetos para a segurança de banhistas, estruturação do ecoturismo, implantação do turismo de aventura, e prestando auxílio para inserir as empresas de Mangaratiba no CADASTUR (Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos).

"Queremos elevar a categoria turística de Mangaratiba, já que ano passado conseguimos inserir a cidade no Mapa de Turismo Nacional", lembrou o Secretário.

Cuidados com a saúde

Além das ações vinculadas ao turismo, todos os presentes também receberam orientações da Secretária de Saúde, Sandra Castelo Branco, sobre quais ações devem adotar para receber os futuros visitantes com segurança e não aumentar a disseminação do coronavírus na cidade. Máscaras de proteção foram distribuídas.

Vale lembrar, que todas as medidas de segurança e isolamento foram respeitadas durante o encontro.

Participaram da reunião proprietários de 16 pousadas e os Secretários Alexandre Coelho (Governo e Desenvolvimento Econômico), Luiz Cláudio Ribeiro (Finanças), Márcio Ferreira (Fazenda), Norberto Marques (Segurança e Trânsito), Roberto Castilho (Comunicação), Raquel Nunes (Ordem Pública) e Braz Marcos (Chefe Geral de Gabinete).

Siga-nos