Evento atraiu 126 fornecedores, 43 operadores e 62 representantes Parte integrante da programação do Encontro Comercial Braztoa desde a 25ª edição, o Encontro de Negócios promovido na manhã da última sexta-feira atraiu 126 fornecedores, 43 operadores e 62 representantes. Com agendamento prévio e restrito aos associados Braztoa, os encontros são divididos em seções, cada uma com dez minutos de duração.

Para boa parte dos operadores, a grande surpresa foi a forte procura internacional entre os fornecedores. “Fiquei especialmente surpresa com o volume de agendamentos que tivemos de países do Leste Europeu e da Holanda”, ressaltou Margareth Grassi, da Socaltur Turismo.

Entre os países da América Latina, Marina Figueiredo, da Pomptur, destacou a presença do Equador. Um dos produtos que se promoveram neste encontro foi a empresa pública Tren Ecuador, representado por Zulima Espinosa Bowen, subgerente de Vendas e Serviços para o Cliente, que disse ter avançado nas negociações com pelo menos três operadores brasileiros.

Pamela Nogueira, da JVS, foi outra operadora contatada por fornecedores da América Latina – do Equador e da Argentina (Ushuaia e Patagônia) – e destacou a qualidade do material promocional trazido este ano. Entre os negócios fechados efetivamente, citou a parceria com a Electronic Avenue, de Miami, que vai conceder US$ 20 de desconto aos clientes da operadora e ainda comissioná-la em 5% sobre as vendas de produtos eletrônicos. “A promoção valerá para compras na loja e até mesmo online”, explicou a operadora.

Os Estados Unidos e o Canadá também tiveram forte presença, alguns apoiados por suas representações no Brasil, como a Doubleem, de Marina Barros (Toronto, Miami, Palm Beach e a loja Electronic Avenue, de Miami) e a Interamerican, dirigida por Danielle Roman (Texas, Las Vegas e Nova York).

Kleber Yoshida, da Marsans, foi um dos operadores que se disse surpreso com a procura dos norte-americanos, citando, particularmente, o Texas e Nevada. “A oportunidade de desenvolver novos parceiros, em destinos e produtos, é a principal vantagem do Encontro de Negócios. Aqui também temos a chance de estreitar o relacionamento com os fornecedores tradicionais, que muitas vezes só contatamos por telefone ou e-mail”, pontuou.

Já entre os destinos nacionais, alguns operadores destacaram o interesse do Maranhão, que veio representado pela superintendente de Relações Institucionais, Flávia Castelo Branco, que formalizou 13 agendamentos. Marcelo Barone, da RCA, que tem o foco no lazer nacional, destacou a qualidade do público atraído este ano e disse que a surpresa ficou por conta do volume de empresas de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e de Goiânia.

Siga-nos