Interior paulista representa 23% do PIB Nacional do Turismo

Na tarde da última sexta-feira, William Périco e Marcelo Matera, presidente e vice-presidente da Aviesp (Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo), concederam uma coletiva de imprensa sobre as novidades da 35ª Aviestur – Feira de Turismo do Estado de São Paulo, o aniversário de 30 anos da entidade e também os números que demonstram a força do turismo no interior paulista.

Com 113 estandes, cerca de 500 marcas expostas e expectativa de receber quase três mil agentes de viagens, o encontro é o último a acontecer sob a gestão do atual presidente e simboliza grande movimentação econômica em Campos do Jordão, cidade na qual a feira está acontecendo, chegando a R$ 4,5 milhões, fruto da visita dos cinco mil participantes do encontro, número que inclui expositores, prestadores de serviço e imprensa.

Périco também mencionou os patrocinadores da Aviestur, grupo no qual constam nomes importantes do mercado de Turismo: Azul Linhas Aéreas, responsável pelo happy hour destinado aos expositores realizado na última quinta-feira no restaurante Ludwig; GTA (Global Travel Assistance), que garantiu sinalização extra na cidade e ambulância, assim como caravanas e assistência aos agentes de viagens que integraram os roteiros; a CVC, que disponibilizaou petiscos para os participantes da feira; a Flytour Viagens, patrocinadora exclusiva da festa de enceramento no Tênis Clube; e a operadora Schultz, que gerou o envio de quase dez mil SMS e mais de cinco milhões de e-mails convidando os colaboradores a participarem do evento, evitando, assim, o corte de 274 árvores.

O presidente também mencionou as conquistas que a associação alcançou desde o início de seu mandado. No total, foram realizadas cinco edições do Seminário Aviesp, 7,8 mil colaboradores foram capacitados e todos os associados passaram a ter como benefício o seguro de responsabilidade civil profissional. Além disso, foi criada uma campanha de marketing focada no público final, a fim de estimular os consumidores a comprarem pacotes com agentes de viagens (www.naoviajesemagente.com.br) e, nestes cinco anos, a entidade teve seu relacionamento aproximado com instituições municipais, estaduais e federais.

Atualmente, o interior paulista representa 23% do PIB Nacional do Turismo, estatística que torna o estado representante de 42% da força emissiva turística do país. No que diz respeito a gastos, o viajante do interior costuma gastar duas vezes mais do que o da capital e uma quantia seis vezes superior à desembolsada pelas pessoas provenientes de outras regiões do País.

O aumento na demanda para destinos fora da área metropolitana de São Paulo fez crescer também o investimento na infraestrutura de algumas cidades: o aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto, por exemplo, receberá R$ 31 milhões até dezembro, enquanto o Professor Eribelto Manoel Reino, de São José do Rio Preto, terá quantia de R$ 10 milhões até o final do ano, tendo sua pista, torre de controle e terminal de passageiros reformados.

 

Siga-nos