WTAAA solicita que Iata providencie a revisão regulatória da nova iniciativa de normas, incluindo os agentes de viagens em todos os comitês relacionados A WTAAA (Aliança Mundial das Associações de Agentes de Viagens) enviou uma carta a Aleks Popovich, vice-presidente sênior de Distribuição da Indústria e Serviços Financeiros da Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo), solicitando que a Iata providencie a revisão regulatória de sua nova iniciativa de definição de normas, intitulada NDC (Novo Recurso de Distribuição), e que a Iata inclua o canal de distribuição das agências de viagens, através da WTAAA, em todos os comitês e grupos de trabalhos relacionados.

“A Iata terá que desenvolver uma norma que não prejudique o processo competitivo”, afirmou o presidente da WTAAA, Peter Barlow. “Solicitamos que a Iata providencie a revisão de sua proposta, por agências regulatórias, de modo a garantir que a iniciativa seja desenvolvida para produzir normas a favor da competitividade, que beneficiem todo o sistema de distribuição e não apenas as linhas aéreas participantes da Iata”, complementa.

“O canal de distribuição de agências de viagem vende cerca de 60% das passagens aéreas do mundo todo. Portanto, é essencial que nossas vozes sejam ouvidas,” disse Barlow. “Ademais, por ser a associação internacional cujos membros representam mais de 70% das passagens emitidas por agências no mundo todo, é apropriado que a WTAAA tenha uma cadeira nos comitês.”

A WTAAA convidou Popovich para conversar com seus membros em sua assembleia ordinária anual, de 10 a 12 de setembro de 2012, em Washington, D.C.

Na opinião de Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional, “a proposta da Iata confronta as ferramentas utilizadas pelos agentes de viagens, fornecidas pelos GDS’s (Global Distribution System), que disponibilizam uma ampla informação de tarifas, que podem ser restringidas no sistema proposta pela Iata”.

Siga-nos