Primeira fase será implantada nos principais mercados mais valorizados por clientes fiéis

A American Airlines e a US Airways oferecem aos clientes maior acesso à rede global da companhia combinada por meio da primeira fase do codeshare. A partir de hoje (13), os clientes podem reservar voos nas redes das duas companhias aéreas para viagens a partir de 23 de janeiro.

“Este codeshare marca mais um passo para oferecer opções de viagem mais convenientes para os clientes, incluindo o serviço para mais destinos, melhores opções de horários e uma rede verdadeiramente global”, afirma Scott Kirby, presidente da American Airlines. “A implementação deste codeshare tão cedo no processo de integração nos permite começar a realizar sinergias de receita significativas, que devem ultrapassar US$ 1 bilhão ao ano em 2015”, completa o executivo.

Com o codeshare, ao reservar viagens pelos sites aa.com, usairways.com ou outro canal de distribuição de viagem, cada companhia aérea venderá bilhetes operados pela outra companhia utilizando seu próprio código e número de voo, e os clientes poderão combinar facilmente voos selecionados operados por cada uma delas em um só itinerário. Além disso, os clientes com conexão em voos de codeshare podem transferir bagagens de forma fácil ao viajar em um itinerário que inclui voos operados por ambas as companhias aéreas. Lançado em uma abordagem em fases, o codeshare busca oferecer uma experiência de viagem tranquila enquanto a American e a US Airways continuam operando como companhias aéreas separadas, durante a integração da fusão.

A primeira fase do codeshare cobrirá apenas alguns voos selecionados da American e da US Airways e inclui a implantação de:

· Código da US Airways na maioria dos voos operados pela American entre seus hubs em Chicago, Dallas/Fort Worth, Los Angeles, Miami e Nova York (JFK), e os hubs da US Airways em Charlotte, Filadélfia, Phoenix e Washington (DCA).

· Código da American na maioria dos voos operados pela US Airways entre seus hubs in Charlotte, Filadélfia, Phoenix e Washington (DCA) e os hubs da American em Chicago, Dallas/Fort Worth, Los Angeles, Miami e Nova York (JFK).

· Código da American no serviço de frete da US Airways na costa leste, que inclui voos entre Boston, Nova York (LGA) e Washington (DCA).

· Código da US Airways em alguns voos domésticos da American partindo de Chicago e Dallas/Fort Worth, dando aos clientes da US Airways acesso imediato a destinos pequenos e médios atualmente servidos pela American, mas não pela US Airways.

· Código da American e da US Airways em alguns voos internacionais operados pela outra companhia aérea.

As duas companhias aéreas devem ampliar o codeshare para incluir todos os voos dentro da rede combinada nas próximas semanas. Os clientes devem continuar fazendo check-in para voos e realizar negócios com a companhia aérea que opera seu voo, da mesma forma que faziam antes do lançamento deste codeshare.

Clientes que querem mais informações sobre sua experiência de viagem podem visitar o site Find Your Way, aa.com/findyourwayaa.com/arrivingaa.com/arriving, que oferece informações essenciais sobre o dia da viagem e estará disponível durante todo o processo de fusão. A ferramenta também ajuda os clientes a ler seu cartão de embarque para identificar precisamente em qual companhia aérea estão viajando e onde encontrar informações sobre terminais e portões.

Para mais informações e uma lista completa dos mercados incluídos na primeira fase do codeshare, visite os sites aa.com/arriving ou usairways.com/arriving.

Siga-nos