O prêmio melhora a imagem das empresas, além de oferecer um bom motivo para alcançar as metas

Em vez de premiar com dinheiro, seja por meio de bônus ou participação nos lucros, algumas empresas estão oferecendo pacotes de viagem aos funcionários que se destacam, uma forma de gerar valor e proporcionar boas experiências.

O empresário Jeremias Lima, sócio de um grupo de empresas de serviços corporativos, já aderiu às viagens de incentivo. “É a melhor forma de valorizar o profissional. Sempre digo aos meus funcionários: vou cuidar bem de vocês para vocês cuidarem bem dos meus clientes”, afirmou. Da primeira vez, ofereceu dez viagens de cruzeiro aos profissionais que batessem as metas. Investiu R$ 25 mil em dez pacotes e, ao final do desafio, viu as vendas subirem mais de 160%. Desde então, a prática se tornou recorrente.

Por estar intimamente associado ao prazer, o turismo também é visto como uma forma de associar a imagem da empresa às boas experiências que uma viagem proporciona, como momentos de lazer, diversão e recompensa. Com esse foco, uma fábrica de automóveis e suas montadoras criaram um programa específico para acelerar as vendas da empresa. Cerca de dez mil funcionários, entre vendedores, gerentes de vendas e consultores, concorrem à premiação anual pelo alcance das metas. Este ano, 48 funcionários serão contemplados com uma viagem de quatro dias para um resort na Bahia. “São meses de um grande esforço recompensados no final”, diz Guilherme Almeida, consultor da empresa.

As premiações com viagens, além de motivar, fidelizam o empregado à marca, de acordo com o diretor nacional de vendas de uma empresa multinacional de veículos, Alexandre Oliveira. No ano passado, a empresa ofereceu aos funcionários mais produtivos uma viagem a uma das cidades-sede da Copa do Mundo, com direito a camarote no estádio. “É também uma boa oportunidade de fortalecer a relação entre a empresa e o público interno”, diz.

As campanhas de incentivo voltadas para a premiação com viagens também têm impulsionado o segmento de negócios e eventos, de acordo com o presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp), Edmar Bull. Segundo a associação, as agências de viagens associadas à Abracorp registraram em 2014 aumento de 14,5% na movimentação de negócios em relação ao ano anterior.

 

Siga-nos