Novo roteiro permite que os clientes da operadora vivenciem o dia-a-dia dos nova-iorquinos utilizando o principal meio de transporte da cidade: o metrô

Mesmo com o dólar nas alturas, quem deseja viajar para a “Terra do Tio Sam” nos próximos meses fará um ótimo negócio. Um levantamento realizado pela CVC, maior operadora de viagens das Américas, mostrou que os pacotes para algumas das principais cidades nos Estados Unidos, como Nova York estão, em média, até 30% mais em conta do que o mesmo período do ano passado.

Além de preços mais acessíveis, o turista que viajar para a Big Apple com a CVC tem mais uma opção de city tour para realizar na cidade. O roteiro, com duração de 5 horas, tem como finalidade fazer com que o turista conheça as principais atrações de Nova York utilizando apenas o metrô, com paradas em famosos pontos turísticos como, por exemplo, a Biblioteca Pública, Grand Central Terminal – famoso terminal de trens, cenários de inúmeros filmes de Hollywood -, a Capela de São Paulo, o Trinity Church e o um dos endereços mais famosos do mundo, a Wall Street, entre outros.  

“Esse roteiro é indicado para os turistas que desejam  conhecer  Nova York  de uma forma diferente, passando por pontos turístico já conhecidos, mas também por atrações mais novas como a confeitaria Carlos Bakery ( Cake Boss) e as duas principais lojas de departamento em Manhattan, sempre com o acompanhamento de guia em português e toda a assistência e experiência da CVC” diz Marcelo Barone, gerente de produtos Estados Unidos e Canadá. O passeio custa USD 58 por pessoa e pode ser adquirido antecipadamente  junto com o pacote da viagem e parcelado em até 10x sem juros, no boleto bancário ou no cartão de crédito.

A operadora vem incrementando constantemente o seu portfólio de atrações no país. Desde 2014, os Estados Unidos ultrapassaram a Argentina como destino preferido dos brasileiros. Nova York é a segunda cidade mais visitada pelos turistas da CVC, ficando somente atrás dos destinos da Flórida, Orlando e Miami. Somente neste primeiro semestre, as vendas de pacotes para os Estados Unidos tiveram alta de 12%, comparado com o mesmo período do ano passado.

Siga-nos