Operadora de viagens especializada no destino Peru fala sobre trilhas que estarão fechadas aos visitantes em abril de 2016

 

Quem vai ao Peru e tem passeio agendado para Machu Picchu em abril de 2016 deve ficar alerta. As trilhas Wayna Picchu e Machu Picchu (Montanha), que estão dentro do Complexo Arqueológico e levam até pontos específicos do parque, estarão fechadas para manutenção em datas alternadas. O acesso de turistas estará impedido da seguinte forma: trilha Wayna Picchu estará fechada de 1 a 15 de abril; e trilha Machu Picchu (Montanha) fechada de 16 a 30 de abril.

Os caminhos estarão fechados para facilitar o trabalho de manutenção completa de escadas, plataformas e muros de sustentação. “Todas as demais trilhas dentro do parque e todos os caminhos que levam até o complexo estarão abertos. Ou seja, os turistas poderão acessar o parque de qualquer forma, seja de ônibus, caminhada ou pela Trilha Inca”, explica Ricardo Cavalcante, sócio-diretor da Machu Picchu Brasil, operadora de viagens especializada no destino Peru, e responsável pelo escritório da operadora no país andino. Baixe aqui o mapa de Machu Picchu.

Ricardo ainda explica que existe uma confusão dos turistas achando que é o Parque Arqueológico de Machu Picchu que estará fechado: “A trilha e o Parque têm o mesmo nome mas são atrações diferentes. Dentro do Parque Arqueológico há uma montanha também com o nome Machu Picchu e uma trilha que leva até esta montanha, e sua visitação é complementar e opcional ao ingresso do parque”. Vale lembrar que o acesso às trilhas é limitado e, por isso, os turistas devem garantir seus tickets com antecedência. “Só entra no parque, e consequentemente nas trilhas, quem tem ingresso”, completa Willian Cavalcante, sócio-diretor e responsável pelo escritório brasileiro da operadora.

Os turistas que têm viagem marcada para Machu Picchu em abril de 2016 e já fizeram reservas para as trilhas que estarão fechadas (Wayna Picchu e Machu Picchu – montanha) deverão contatar as empresas, operadoras ou agências de viagens onde contrataram os serviços para solicitarem o estorno dos valores pagos. “Os clientes da Machu Picchu Brasil, por sua vez, estão recebendo todo o suporte e orientação necessária para suas viagens aqui no Brasil, mesmo antes de embarcarem”, explica Willian.

Siga-nos