No total serão 10 treinamentos em diferentes cidades do Brasil para promover os destinos turísticos do país e roteiros da Operadora

Punta Cana é o destino caribenho mais procurado na CVC neste 1º semestre e no geral ocupa a segunda posição como o destino internacional mais procurado pelos clientes.

A CVC em parceria com o escritório de promoção turística da República Dominicana realizou na noite de ontem, terça-feira (1º), em Santo André (SP), a primeira de uma série de 10 capacitações para os agentes de viagens multimarcas, que acontecerão entre setembro e novembro.

O evento no ABC Paulista reuniu 70 agentes de viagens da região e teve a presença do diretor de turismo da República Dominicana, Renê Contreras, e do diretor de produtos internacionais da CVC, Adriano Gomes.

Na apresentação os agentes puderam tirar dúvidas e conhecer a diversidade turística da República Dominicana que, além de Punta Cana, também investe na promoção de cidades como Santo Domingo, La Romana, Puerto Plata e Samaná. 

Durante a palestra, Contreras apresentou o perfil de cada destino. Em Punta Cana destacou resorts All Inclusive e a vida noturna que tem se tornado, segundo ele, algo excepcional. Já La Romana, é o destino de elite e possui os melhores campos de golfe. Na costa nordeste, Samaná se desponta como um refúgio de casais em Lua de Mel. E, por fim, Puerto Plata e Santo Domingo são as opções no país para a prática de esportes de aventura.

O mesmo treinamento acontecerá em São José do Rio Preto (3/9), Brasília (9/9), Belo Horizonte (10/09), Porto Alegre (29/09), Curitiba (13/10), Florianópolis (15/10), Caxias do Sul (20/10) e finaliza no Festival de Turismo em Gramado com capacitações no stand da CVC, nos dias 6 e 7 de novembro.

A CVC é a operadora que mais brasileiros embarca para o Caribe, sendo que Punta Cana é hoje o segundo destino internacional mais procurado pelos clientes da operadora neste 1º semestre, atrás apenas da Flórida (Orlando e Miami). Em 2014, a CVC embarcou mais de 35 mil brasileiros para Punta Cana, um aumento superior a 40% em relação a 2013.

 

Siga-nos