Nos últimos dois anos, a operadora da Azul Linhas Aéreas aumentou seu faturamento e ampliou o número de agências que trabalham com a marca

 

A Azul Viagens tem conquistado espaço entre os operadores de turismo com um modelo inovador de negócios que favorece o agente de viagens. Seu crescimento tem chamado a atenção do mercado, principalmente pelos resultados alcançados nos dois últimos anos, quando aumentou seu faturamento e ampliou o número de agências revendedoras do produto.

Marcelo Bento, diretor da Azul Viagens, atribui o crescimento da operadora a alguns fatores importantes, como por exemplo, a entrada da Azul no mercado internacional há cerca de um ano para um dos destinos mais procurados pelos brasileiros: a Flórida. “A venda de produtos internacionais representa hoje uma fatia superior a 20% da receita total da Azul Viagens e abriu uma série de novas opções para os nossos Clientes”, conta.

Segundo o executivo, o sucesso da estratégia utilizada pela operadora desde sua fundação também está no modelo de negócio, que prioriza o agente. “Sempre acreditamos que a experiência e a influência dos agentes nas comunidades locais são diferenciais na consolidação de uma operadora. Por esse motivo, apostamos num modelo que permite ao agente trabalhar com nossa marca, sem a necessidade de abertura de lojas físicas, o que facilita a parceria do agente com a Azul Viagens”, comenta.

A Azul Viagens tem hoje 17 lojas, concentradas no interior de SP e na região metropolitana de Minas Gerais. Segundo o executivo, o negócio da operadora está voltado para o apoio e incentivo ao agente. “A abertura de lojas não é nosso foco, mas as consideramos importantes no fortalecimento e conhecimento da marca Azul Viagens nos locais onde elas estão e fazemos questão que sejam gerenciadas por agentes. Ainda, quando há interesse pela abertura de novas lojas nós isentamos a usual taxa de franquia, o que é mais um facilitador do nosso modelo de negócios”, diz.

Outro ponto mencionado pelo diretor é a aposta na tecnologia para tornar o trabalho do agente ainda mais eficaz. “A Azul sempre apostou em inovação para se diferenciar no mercado e a Azul Viagens segue o mesmo caminho. Investimos em tecnologia e somos a única empresa no Brasil que oferece ao agente de viagens uma plataforma que permite a ele vender e confirmar suas vendas de forma 100% online. Isso reduz o tempo e facilita o trabalho no dia a dia”, explica.

A superioridade do produto e serviços oferecidos pela Azul Viagens são ainda outros diferenciais apontados por Bento e que são fortes atrativos para quem vende e para quem compra. “Desde a fundação da Azul Viagens, buscamos trabalhar não só com as melhores redes de hotéis, como também com a melhor de receptivos, pois temos que cuidar da experiência do Cliente do começo ao fim. Por esse motivo, nossos receptivos atendem a grupos menores, conferindo assim um serviço menos massificado. Além disso, o serviço aéreo que compõe nossos pacotes conta com o já consagrado produto da Azul, o qual é a preferência dos clientes, pois somos a única companhia que oferece diversas opções de snacks gratuitos, com TV ao vivo a bordo”, afirma.

 

Fortalecimento chama atenção

Marcelo Bento conta ainda que o rápido crescimento da Azul Viagens fez com que seus competidores passassem a olhar com mais atenção aos movimentos e práticas utilizadas pela operadora. “A Azul Viagens opera de forma absolutamente legal de acordo com os órgãos reguladores do setor e se baseia na liberdade tarifária para tornar a operadora mais competitiva num mercado extremamente concentrado. Nosso modelo dá mais uma opção de trabalho aos agentes e agências multimarcas, gerando mais concorrência no mercado.” E complementa: “O controle de preços somente beneficiaria os maiores, impedindo que novos entrantes surjam e cresçam.”

 

Perspectivas 2016

A Azul Viagens planeja colocar em prática algumas novidades para o ano que vem. A empresa deve aumentar a oferta de pacotes internacionais com novos destinos nos EUA e Europa, além de cruzeiros na região do Caribe.

A oferta de produtos em Orlando, na Flórida, também deve ser ampliada. Além de novos ingressos para parques temáticos, a Azul Viagens aumentará o número de hotéis Disney em seus canais de vendas. A operadora é uma das poucas empresas seletas Disney no país. No Brasil, o foco deverá ser na expansão de pacotes voltados ao Ecoturismo.

Siga-nos