A adesão aos cursos no exterior ainda proporciona inclusão de 30 adolescentes brasileiros no aprendizado do inglês

 

No próximo sábado (2/7), a empresa promove, na capital paulista, evento para divulgar novas oportunidades e formatos de viagens de intercâmbio cultural com permissão de trabalho. 

 

Consultoria especializada em programas de estudo no exterior há quase quatro anos, a Vital Intercâmbios, que já embarcou no período mais de 1.500 brasileiros rumo a cerca de 50 cidades em todo o mundo, realiza encontro profissional, sábado – dia 2 de julho – em São Paulo, para apresentar novidades e atender a atual demanda no segmento. Juliana Vital, fundadora e diretora da empresa, deixa claro que os alunos que partem do Brasil contam com suporte impecável na recepção no exterior, a cargo do time da Vital Intercâmbios. “O propósito é mesclar estudo, vivência pessoal, lazer e ampla experiência no contato com outras culturas, o que torna muito mais rico o aprendizado e/ou aperfeiçoamento do idioma escolhido, além do upgrade profissional”

Durante as duas palestras motivacionais programadas para o workshop, Juliana Vital destacará a realidade do mercado de trabalho para estudantes brasileiros no exterior, oportunidades e áreas de atuação. Também mostrará aos presentes de que com planejamento tudo é possível para a realização do sonho de estudar e trabalhar em terras estrangeiras. 

Apesar da diversificada oferta, a procura de viagens através da empresa é liderada por quatro destinos: Irlanda, Canadá, Nova Zelândia e Austrália. O tempo médio de permanência do aluno varia de quatro semanas a oito meses. Além de manter a equipe dedicada e familiarizada com a realidade local, formada por consultores que já viveram e vivem a experiência do intercâmbio,  Juliana Vital explica que a meta é corresponder ao máximo a expectativa do estudante, com responsabilidade e comprometimento, “após avaliarmos em detalhes o  perfil de cada um”. Na prática, a Vital Intercâmbios oferece, além dos cursos, apoio integral à organização quanto à passagem aérea, acomodação e visto.

 

Perfil do mercado

De olho no mercado brasileiro voltado ao segmento, a Vital Intercâmbios já montou estratégias para afinar a oferta à demanda. Entre as providências para o biênio 2016/2017 estão: abertura de escritório físico no Brasil, pois apesar de ter no comando uma brasileira, a sede da empresa se encontra instalada em Dublin, na Irlanda. Também, novas parcerias, cursos de inglês pré-embarque e projetos sociais.

Os cursos intermediados fora do País pela empresa só podem ser frequentados por alunos com idade superior a 18 anos. Atualmente a procura predomina por interessados na faixa dos 20 aos 45 anos, homens e mulheres, em busca de desenvolvimento profissional e pessoal.

 

Yes ao social

A empresa complementa o próprio currículo com uma importante ação no campo da responsabilidade social. Desde maio deste ano, passa a atender a primeira turma do Projeto Vital Social. O programa de ensino gratuito de inglês se destina a 30 jovens de comunidade carente do município de Embu das Artes (Grande São Paulo), atendidos em dois grupos, com duas horas/aula, todos os sábados, durante quatro anos. Para viabilizá-lo, cada viagem de estudo vendida pela Vital Intercâmbios reverte ao projeto 5 euros ou 5 dólares – de acordo com a moeda vigente no país escolhido. A inclusão no inglês é a concretização de um sonho antigo da empresária: “Nasci e cresci na comunidade e passei por todas as dificuldades de uma infância sem oportunidades”, assinala Juliana Vital que almeja, a partir dessa iniciativa, oferecer maiores chances e educação mais completa para formar cidadãos com elevada autoestima.

Siga-nos