Apresentadora de lives, Jana Moraes conta sobre seu trabalho nas redes sociais

As lives ganharam um espaço de comunicação essencial durante a pandemia. O consumo por essa modalidade, tanto no ramo do entretenimento quanto nas estratégias de vendas das empresas, se tornou uma alternativa para que pessoas e empresas ganhassem a atenção do seu público alvo para divulgar seus serviços e/ou produtos.

Essa prática cresceu tanto nos últimos meses, que diversas influenciadoras digitais, como Camila Coutinha e Raka Minelli, se tornaram apresentadoras de lives. Uma carreira que vêm se tornando uma das mais conhecidas durante a quarentena. Mas não pensem que para se tornar uma boa apresentadora é fácil!

Jana Moraes, precursora na profissão ao lado das Lojas Leader, nos conta que estudar e se preparar como em qualquer outra carreira, é necessário para ser uma boa apresentadora. “Você precisa conhecer bem os detalhes dos produtos, criar um bom roteiro e interagir constantemente com o público durante a live”, explica Jana.

Definitivamente essa modalidade veio para ficar, e principalmente no mercado de vendas. O novo formato de Live Commerce surgiu com a proposta de revolucionar a indústria do varejo, além de mudar a forma de consumo das pessoas, pois essa prática é uma oportunidade de mostrar os produtos aos clientes, oferecendo a chance de conhecer o produto com mais detalhes e comprar sem sair de casa.

“O live commerce veio para fortalecer as vendas pela internet, pois além de gerar conteúdo sobre os produtos, funciona como uma forma de entretenimento para o público, aumentando e retendo a audiência”, explica.

Siga-nos