Subcomissões debaterão as questões do desenvolvimento da Amazônia e do Nordeste A CDR (Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo) aprovou nesta quarta-feira, durante a primeira reunião deliberativa do ano, a criação de duas subcomissões permanentes para debater as questões do desenvolvimento da Amazônia e do Nordeste. Os nomes dos parlamentares que vão compor cada um dos colegiados vão ser definidos nos próximos dias.

No requerimento em que sugeriu a criação da Subcomissão da Amazônia, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) afirma que o objetivo da subcomissão é tratar de forma profunda e específica a Amazônia brasileira, em especial o desenvolvimento sustentável, bem como os investimentos estruturais para a melhoria das condições do turismo na região.

O requerimento para a criação da Subcomissão do Nordeste foi apresentado pelo senador Wellington Dias (PT/PI). Na reunião, ele destacou que a intenção é instituir um fórum específico e exclusivo para o debate e aperfeiçoamento das matérias relacionadas ao desenvolvimento da região Nordeste. “Além dos desequilíbrios estruturais da região, há uma ampla relação de temas de interesse comum entre os estados nordestinos que pode ser trazida a debate na subcomissão”, disse senador Dias.

O colegiado também aprovou a realização de uma Audiência Pública para debater sobre a importância da melhoria da infraestrutura portuária. Para o presidente da CDR, o senador Benedito de Lira (PP/AL), autor do requerimento, o principal objetivo da Audiência Pública é dinamizar o trabalho nos portos, tendo por finalidade diminuir as desigualdades regionais e potencializar o turismo.

Os parlamentares da comissão decidiram que a audiência será realizada em duas etapas devido à importância e complexidade do tema e ao número de participantes convidados. As datas de realização da audiência serão definidas nos próximos dias.

A comissão pretende convidar representantes do Ministério dos Transportes, da Marinha do Brasil, da SEP (Secretaria Especial de Portos da Presidência da República), da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), da Abremar (Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos), do CentroNave (Centro Nacional de Navegação), entre outros.

Ficou decidido ainda que a reunião semanal da CDR às quartas-feiras será realizada às 14h, como previsto no Regimento Interno.

Siga-nos