O presidente da Comissão de Turismo (CTur), deputado federal Herculano Passos PSD-SP), recebeu nesta terça-feira, 02, o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz . A reunião foi para tratar sobre pautas de interesse da instituição, que completa 50 anos em novembro.

 

Entre os temas discutidos estão a precariedade dos parques naturais, que, segundo Lummertz, não são explorados da maneira como poderiam. “Hoje o Brasil tem o maior potencial do mundo, mas um potencial não realizado, porque os parques brasileiros ainda estão sem infraestrutura, sem serviços e eles podem significar não só acréscimos das receitas, mas também a melhora da imagem do Brasil. Imagem de um país que cuida da natureza e oferece às pessoas do mundo inteiro acesso a estas belezas. Isso ajuda a formar uma nova consciência, uma nova geração para um novo tipo de turismo um conjunto novo de valores.”

 

Outro tema debatido foi a situação dos parques temáticos, que enfrentam problemas com a tributação para aquisição de equipamentos. “Grande parte dos brinquedos dos parques é comprada fora, porque no Brasil não há este tipo de produção. Isso dá isenção do imposto de importação, mas é necessário um processo burocrático, que poderia ser evitado se a isenção fosse automática”, explicou Herculano. O assunto será tratado em outubro, em audiência pública na Comissão de Turismo.

 

Em julho, os deputados da Comissão de Turismo aprovaram uma emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias para fortalecer o trabalho realizado pela Embratur. “Para nós é muito importante essa promoção, essa propaganda positiva do Brasil lá fora, para atrair turistas e fortalecer o turismo internamente. A Embratur exerce um papel importantíssimo nesta promoção. E o nosso compromisso, como amantes do turismo, é justamente fortalece-la”, afirmou o presidente da CTur.

 

Para comemorar o aniversário de 50 anos da Embratur, em novembro serão realizados, na Câmara dos Deputados, um seminário e uma sessão solene em homenagem ao Instituto.

Siga-nos