"Próximo Passo" terá cursos para mais de dez áreas em 22 capitais brasileiras. O ministro do Turismo, Luiz Barretto, pediu aos representantes das entidades do setor turístico atenção especial às pessoas qualificadas no âmbito do programa "Próximo Passo" - uma iniciativa do governo federal voltada para os beneficiários do Bolsa Família. O apelo foi feito aos membros do CNT (Conselho Nacional de Turismo), reunidos na última segunda-feira, em Brasília.

“Somente para o setor de turismo são 26 mil vagas, das quais 50% foram preenchidas”, disse o ministro, reforçando que as entidades podem ajudar na inserção dessas pessoas no mercado de trabalho. O Próximo Passo oferece cursos de cozinheiro, porteiro, camareira, recepcionista, confeiteiro, barman, agente de viagem, organizador de eventos, entre outros. É voltado também para formação de profissionais para atender demandas da construção civil.

Siga-nos