Objetivo é qualificar empresas do setor turístico a partir da realização de viagens técnicas para destinos referência em cada segmento. “Mais de 150 das boas práticas observadas durante o Benchmarking 2010 já foram adotadas em empreendimentos de turismo brasileiros. Os resultados dessa etapa do programa superaram as expectativas”. A avaliação foi feita na última quarta-feira, em Brasília, pelo diretor do programa Benchmarking em Turismo, Antônio Azevedo, da Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens).

Durante o Seminário de Multiplicação do programa, Azevedo atribuiu os “bons resultados” à participação de empresários do setor de turismo de todo o país. “Cerca de 120 participaram das viagens de observação de boas práticas. No entanto, com a disseminação do conhecimento, mais de 1,5 mil empresários foram beneficiados”.

O Benchmarking 2010, iniciativa do MTur (Ministério do Turismo) e da Embratur, é executado pela Abav e Sebrae Nacional. O objetivo é qualificar empresas do setor turístico a partir da realização de viagens técnicas para destinos referência em cada segmento.

“O objetivo do ministério é fazer com que os empresários sejam indutores e agentes de mudança, potencializando seus destinos e segmentos”, diz a coordenadora-geral de Serviços Turísticos do MTur, Rosiane Rockenbach.

As viagens técnicas têm como foco a incorporação das melhores práticas de gestão, inovação e estratégias de mercado. O programa está dividido em dois projetos: Excelência em Turismo, com viagens internacionais; e o Vivências Brasil, realizado em território nacional.

Valéria Barros, representante do Sebrae Nacional no seminário, avalia que o Benchmarking é uma ação importante para a melhoria da qualidade dos negócios do setor de turismo. Já o coordenador técnico do programa Daniel Spinelli, ressalta o “vasto conhecimento” gerado com a iniciativa. “A aplicação desse conhecimento tem o poder de transformar empresas e destinos em termos de qualidade, competitividade e capacidade de crescer de forma sustentável”.

Os Seminários de Multiplicação do Benchmarking 2010 serão realizados nas cinco macrorregiões brasileiras.

Siga-nos