Profissionais que atuam ou desejam atuar na recepção de turistas têm opção rápida para aprender inglês em curso feito pela PBF para essa finalidade
O Ministério do Turismo calcula que 600 mil estrangeiros circularão pelo Brasil durante os 30 dias da Copa 2014.  Movimento similar acontecerá no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas 2016. A demanda gerada pelos megaeventos esportivos vai colaborar para a criação de milhões de empregos no país e comunicar-se em inglês será um diferencial essencial. De olho nesse cenário, a rede de idiomas PBF – da Fundação Fisk e presente em 20 estados brasileiros – lança o curso de inglês “May I Help You?”, criado sob medida para atender a demanda específica dos profissionais que já atuam ou desejam atuar na recepção dos turistas estrangeiros.

Opção prática e rápida para aprender inglês, o curso “May I Help You?” será oferecido a partir do segundo semestre de 2011 nas mais de 200 unidades da rede de idiomas PBF espalhadas pelo país. Com material didático exclusivo, capacitará o profissional a comunicar-se de forma eficiente em inglês nas diversas situações cotidianas de atendimento ao turista.

O curso tem 36 lições divididas em dois módulos de 45 horas, totalizando 90 horas-aula, que enfatizam o aprendizado de 250 expressões e frases situacionais, 300 verbos e 1.000 palavras. É especialmente indicado para trabalhadores que já atuam ou buscam vagas em setores que vão lidar diretamente com os visitantes estrangeiros, como:

- Turismo e hotelaria (gerentes, recepcionistas, camareiras, mensageiros, agentes de viagem, guias e atendentes de postos de informação)

- Alimentação e gastronomia (garçons, cozinheiros e demais funcionários de bares, restaurantes, quiosques, barracas de praia e lanchonetes)

- Entretenimento e lazer (atendentes de teatros, museus e atrações turísticas)

- Transporte (taxistas, motoristas, atendentes de locadoras, aeroportos e rodoviárias)

- Venda (funcionários de lojas, de casas de câmbio, etc)

- Alunos de universidades e escolas técnicas de turismo, hotelaria e gastronomia.

“A Copa e as Olimpíadas vão mudar o Brasil. Milhares de profissionais já estão se programando para frequentar cursos de inglês. Nosso material didático é exclusivo e feito sob medida para atender esses profissionais e estudantes que ingressarão no mercado”, afirma Elvio Peralta , diretor superintendente da Fundação Fisk, detentora da marca PBF. “Além disso, o que o aluno aprender nesse curso poderá ser usado também para alavancar seu futuro profissional e para o uso em viagens internacionais, sejam elas de negócios ou de lazer”.
 

Siga-nos