Estados Unidos ainda reservam boas chances quando o tema é intercâmbio

Nos últimos meses o que mais se escuta falar a respeito dos Estados Unidos é o debate sobre a dívida e o déficit que levou a um downgrade da classificação de crédito do país. Isso, contudo, não assusta os jovens que sempre pensaram em conquistar uma segunda língua e ter uma experiência internacional no currículo. E a verdade é que mesmo em meio aos problemas que a superpotência enfrenta, existem boas oportunidades para quem busca um programa de intercâmbio.

Segundo dados da Brazilian Educational & Language Travel Association (Belta), o país é campeão disparado como destino para high school (ensino médio), com escolas públicas de qualidade e famílias voluntárias para receber os estudantes. O ensino superior também é outra atração: não faltam universidades renomadas como Harvard, Berkeley, Yale, MIT (Massachusetts Institute of Technology), entre muitas outras.

Quem busca aliar lazer e ganhos financeiros pode optar ainda pelo Work and Travel, programa de trabalho remunerado para universitários. Entre as oportunidades disponíveis, algumas merecem destaque e atraem a atenção dos jovens, como a possibilidade de morar e trabalhar por um período em Orlando, cidade que se tornou queridinha dos brasileiros pelos parques temáticos e outlets.

Neste ano, representantes da Universal Orlando® Resort virão ao Rio de Janeiro, através de uma parceria com a agência Yep Brasil e o sponsor americano, Alliance Abroad Group, para selecionar universitários. A feira de contratação ocorrerá nos dias 24 e 26 de setembro. É necessário ter entre 18 e 28 anos, bom nível de inglês, além de ser universitário. Os escolhidos garantem a chance de trabalhar no parque que é um dos lugares mais visitados do mundo.

Todos os selecionados devem chegar a Orlando nos dias 6 e 7 de dezembro de 2011. Lá, o jovem fica hospedado em alojamento próximo ao parque e recebe salário de US$7,75 por hora, que é suficiente para se manter durante a experiência. Já a carga de trabalho é de no mínimo 30 horas por semana. A empresa oferecerá orientação na chegada e treinamento teórico pago com duração de 3 dias, seguido de treinamento prático.

Siga-nos