Ministro prevê a inclusão em programa da instituição voltado para profissionais do turismo
O Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) será um dos principais parceiros do Ministério do Turismo no esforço para treinar profissionais do setor para a Copa do Mundo 2014. A criação de um programa para atender as demandas do turismo nos segmentos de bares, restaurantes e hotelaria foi discutida, na última quarta-feira, pelo ministro do Turismo, Gastão Vieira, com o vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, Gil Siuff.

“Temos de fazer as coisas com quem sabe fazer. Vamos buscar mecanismos para atender as demandas do turismo e melhorar a qualidade do atendimento ao turista no País”, disse o ministro, ao propor a criação de uma agenda específica para a qualificação profissional. Uma das idéias, de curto prazo, é incorporar o turismo no programa do Senac Copa 2014, cuja meta é qualificar um milhão de profissionais nos próximos três anos.

O projeto de qualificação proposto pelo novo ministro do Turismo é amplo. Prevê a inclusão do turismo no Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), do Ministério da Educação, e em programas do governo federal destinado ao combate à miséria. Inclui  ainda cursos de treinamento em língua estrangeira para profissionais e jovens, com possibilidades de estágios no exterior.

“Não temos tempo a perder”, disse o ministro, ao marcar a primeira reunião técnica com representantes do Senac para a próxima semana.
 

Siga-nos