Cariocas poderão conhecer opções de investimentos em cursos de especialização no exterior a preços competitivos com os do mercado brasileiro
Com o objetivo de preparar os brasileiros para aproveitar as oportunidades de trabalho que serão geradas com a proximidade da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016, o SEG (Swiss Education Group / SHMS (Swiss Hotel Management School) apresenta aos cariocas, nesta quarta-feira, a palestra gratuita “Carreira Internacional em Hotelaria e Eventos”. O objetivo é apresentar as possibilidades que o grupo suíço oferece para que estudantes e profissionais possam adquirir experiência e formação internacionais a preços competitivos em relação às especializações brasileiras. O seminário acontecerá em dois horários, às 16h e às 19h, no Hotel Pestana Rio Atlântica (Av. Atlântica, nº 2964).

“Quem tiver um curso superior fora do país com certeza terá vantagens competitivas no mercado de trabalho e conseguirá mais oportunidades quando retornar. Além disso, o Brasil vai receber turistas de todo o mundo com a chegada dos dois eventos mundiais esportivos: a Copa, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016. Haverá uma demanda enorme por mão-de-obra qualificada e por profissionais que tenham conhecimento de outras culturas e experiência com hospitalidade e hotelaria internacional”, afirma Daiane Lagger, gerente sênior da América Latina da Swiss Hotel Management School.

No Brasil, a procura por cursos no exterior teve um significativo aumento entre 2010 e 2011, registrando crescimento de 70% no envio de brasileiros para as escolas do Grupo, na Suíça. Atualmente, a companhia conta com 20 alunos estudando na Europa. O Grupo acredita que a variedade cultural tem sido muito positiva, principalmente para os brasileiros que, ao voltarem para o Brasil, procuram abrir novos negócios, gerando renda e empregos. Cerca de 40% dos brasileiros que vão estudar no exterior buscam cursos de Graduação, enquanto 60% estão interessados em cursos de Pós-Graduação, pois atuavam em outras áreas que não a de Hotelaria, como Relações Internacionais, Jornalismo, Direito, Administração e Marketing.

O SEG espera que, até 2014, 770 mil postos de trabalhos sejam criados no segmento, com 600 mil turistas estrangeiros visitando o país durante a Copa do Mundo e mais de três milhões de brasileiros viajando pelo território nacional. Fato que tornou a América Latina e, em especial o Brasil, uma das prioridades para o Grupo, principalmente, com a chegada dos dois grandes eventos mundiais: a Copa do Mundo e as Olimpíadas, que têm motivado a procura pelos cursos do SEG. Isso porque o Brasil vai precisar estar preparado para recepcionar turistas e atletas do mundo inteiro e oferecer serviços com padrão de qualidade internacional. E, para atender à expectativa desses turistas, as redes hoteleiras contratarão profissionais qualificados para os cargos de gerência, em especial os com experiência internacional e capacidade para se comunicar em diversos idiomas.

O SEG já formou cerca de 12 mil estudantes, reunindo, a cada semestre, um total de 2.250 alunos de cerca de 80 diferentes nacionalidades. A equipe é formada por 470 funcionários (sendo 150 professores) de 35 países, preparados para recepcionar estudantes de todo o mundo.  Para garantir que os alunos formados pelas escolas do Grupo SEG estejam com o nível de ensino exigido pelo mercado internacional, possibilitando-os trabalhar nas melhores redes hoteleiras de qualquer país do mundo, o Grupo tem parceria com mais de 70 empresas para que os estudantes possam realizar estágios remunerados, como Hyatt, Fairmont, Grupo Accor, Kempinski, Mövenpick, Ritz Carlton, Marriot e Shangri-la, entre outros.

Os interessados em participar da palestra devem confirmar presença pelo telefone (61) 3037-9633 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 

Siga-nos