A qualificação é ministrada por professores do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial

Profissionais de meios de hospedagem, restaurantes, guias de turismo e comunidade em geral de Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão participarão da nova fase de treinamento oferecido pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), promovido pelo Governo Federal em parceria com Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Turismo.

Os inscritos optaram pelos cursos de Recepcionista e Camareira em Meios de Hospedagem, Inglês e Espanhol básicos e Recepcionista de Eventos.  Cada turma oferece vinte vagas, com carga horária de 180 horas, sendo duas horas diárias em aulas de segunda à quinta, com previsão de início já neste mês.

A qualificação é ministrada por professores do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) que se deslocarão até as cidades para atenderem as turmas. “Esta é mais uma oportunidade para que os envolvidos com o setor estejam preparados para receber bem os visitantes em nosso Estado. Sabemos da necessidade do treinamento daqueles que são, muitas vezes, os primeiros a receberem os turistas. Ter o apoio do Senac, que é uma referência nesses cursos, nos deixa certos da qualificação”, disse a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

Segundo a secretária, os próximos anos terão muitos eventos que atrairão boa parcela dos visitantes para o Maranhão. “Em 2016, o Brasil será sede dos Jogos Olímpicos, o maior evento esportivo do mundo, momento em que as habilidades propiciadas pelos cursos serão especialmente buscadas pelos empregadores do segmento. O Parque dos Lençóis Maranhenses é conhecido em muitos paises e é muito procurado durante esses grandes eventos”.

“Alguns cursos já ocorreram nos últimos meses e muitos outros serão iniciados no próximo ano. Os interessados devem ficar atentos às oportunidades”, completa Andrade.

Para o Secretário Municipal de Turismo de Santo Amaro do Maranhão, Jorge Silva, a qualificação é de extrema importância. “A necessidade qualificação é uma realidade em nossa cidade. É no atendimento que acontecem a maioria das reclamações. Hoje, com o crescimento da demanda e, principalmente, pela presença de visitantes até mesmo de outros países, precisamos de oportunidades que instruam os atores do turismo em Santo Amaro”.

Além da qualificação com custo zero, os alunos ainda recebem uma ajuda de custo no valor de R$ 2 por hora cursada.

Siga-nos