Desafio promovido por países da rota sul-americana e o BID, com apoio da OMT, busca soluções inovadoras voltadas à região e recebe inscrições até 26.04

 

Por André Martins (Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo)

Terminam no dia 26 de abril as inscrições no Smart Challenge, que busca acelerar a integração turística do Caminho dos Jesuítas na América do Sul, composto por Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai. Promovido pelo Ministério do Turismo brasileiro, países que integram a rota e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com apoio da Organização Mundial do Turismo (OMT), o desafio mira inovações que apoiem a retomada do setor na região. (Inscreva-se aqui).

A seleção é aberta a empresas de qualquer setor ou atividade em fase de crescimento, legalmente constituídas em pelo menos uma das cinco nações que integram a rota. Os projetos devem ter relação com sete propósitos de integração propostos: logístico/administrativo, desenho da oferta turística, marketing, gestão turística, captação de investimentos público-privados, coordenação intersetorial e empresarial e reativação turística no pós-pandemia.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, incentiva a participação no Desafio. “É fundamental contarmos com o apoio de empresas que podem contribuir para o desenvolvimento de ações voltadas ao aproveitamento turístico do potencial brasileiro e, também, dos nossos países vizinhos. Essa é mais uma iniciativa que adotamos para permitir a plena recuperação do turismo e da sua capacidade de gerar divisas, empregos e renda”, ressalta.

Os vencedores, que devem ser anunciados em 3 de maio, vão participar de um Programa de Aceleração Empresarial realizado pela Wayra, área de inovação aberta da Telefónica, com duração de 12 semanas. Também terão apoio técnico para reforçar seus projetos, incluindo aceleração comercial, validação de planos de viabilidade, atividades de fortalecimento e coaching, identificação de oportunidades de escalabilidade e networking junto a empresas e investidores.

O Caminho dos Jesuítas sul-americano se configura como a principal rota turística da região e uma das maiores do mundo. No Brasil, o roteiro é formado por 26 municípios gaúchos e inclui as ruínas de São Miguel das Missões, declaradas sítios do Patrimônio Mundial Cultural pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). O desafio integra um acordo firmado junto ao BID, que destinou US$ 500 mil à estruturação do roteiro.

DIVULGAÇÃO - Na próxima terça-feira (20.04), às 13h (horário do Brasil), uma transmissão online vai abordar o Smart Challenge e a sua importância à integração regional a partir de experiências turísticas relacionadas ao Caminho dos Jesuítas. O encontro virtual reunirá expositores dos setores público e privado, como representantes do BID, da Wayra e autoridades dos países envolvidos. Inscreva-se aqui para acompanhar gratuitamente o evento.

Siga-nos