Só terão acesso ao parque nacional quem comprovar vacina contra a febre amarela

O Parque Nacional do Caparaó, na divisa dos estados de Minas e Espírito Santo, será reaberto ao público neste sábado (25) com acesso restrito às pessoas que apresentarem documento oficial de imunização contra febre amarela, conforme estabelece portaria assinada esta semana pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão responsável pela gestão das unidades de conservação federais.

A visitação no parque havia sido suspensa no dia 2 deste mês como medida preventiva para resguardar a saúde da população por causa do surto de febre amarela que atinge a região. No entanto, diante dos apelos de vários segmentos da comunidade local, que se sentiam prejudicados com a queda das atividades de ecoturismo após o fechamento da unidade, o acesso foi liberado com a restrição prevista na portaria, ou seja, só entra quem apresentar a carteirinha de vacinação da febre amarela devidamente atualizada.

Segundo comunicado da Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (Diman) do ICMBio, a verificação e validação das informações do documento de vacinação serão feitas pelas secretarias municipais de Saúde de Alto Caparaó (MG) e Dores do Rio Preto (ES) nos acessos aos atrativos do parque pelas portarias de Alto Caparaó (MG) e Pedra Menina (ES), respectivamente.

Siga-nos