Município deve atrais 50 mil visitantes neste fim de semana

O município de Bom Jesus da Lapa deve atrair cerca de 50 mil visitantes entre esta sexta-feira ( 07) e domingo ( 9), durante as celebrações da romaria da Terra e das Águas. Realizada todos os anos no mês de julho, a peregrinação de fiéis católicos integra o calendário de eventos do Santuário de Bom Jesus da Lapa, um dos ícones do turismo religioso na Bahia.
De acordo com o padre Devaldo Menez, reitor do santuário, além de baianos, visitantes de outros estados como São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais e Goiás movimentam a cidade neste fim de semana. O grande fluxo de romeiros beneficia segmentos da economia do turismo, como meios de hospedagem e restaurantes.
No hotel A Barca, todos os 22 apartamentos estão reservados para a romaria da Terra e das Águas. Na propriedade do casal Geraldo Bastos e Lysia Martha, a ocupação máxima está garantida em todos os finais de semana até a festa de Nossa Senhora Aparecida, em outubro.
Os clientes são baianos e visitantes de estados como Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, São Paulo, Ceará e Maranhão, que geralmente viajam em excursões. Nesse período, a mão de obra de quatro funcionários é ampliada com a contratação de mais dois ou três diaristas, que reforçam o trabalho de produção das refeições.
Programação - Os romeiros são recebidos pela comunidade do santuário de Bom Jesus da Lapa desde às 8h desta sexta-feira (7). Até domingo (9), os visitantes participarão de missas, sessões de confissão e encontros para discussão de temas como a transposição do rio São Francisco e o desastre de Mariana, em Minas Gerais; fé e política, dentre outros.
Um dos momentos mais importantes da programação será a Via Sacra, no sábado, às 16h. No percurso entre a esplanada do santuário e as margens do rio São Francisco, os romeiros relembrarão os últimos momentos da vida de Jesus, antes da crucificação.

Siga-nos