Projeto vai distribuir mais de R$ 1 milhão em passaportes

Proporcionar entretenimento em ambiente nevado e promover os esportes de inverno não são os únicos objetivos do Snowland, de Gramado (RS). O único parque de neve do Brasil tem entre as premissas principais o apoio a cultura e a promoção de ações de responsabilidade social.
Alinhado a isso, pelo sexto ano consecutivo o Parque realiza o “Neve Solidária”, projeto beneficente iniciado na última sexta-feira (6). O projeto visa promover a troca de alimentos não perecíveis (exceto sal), fraldas infantis e geriátricas e ração (ver relação de donativos no site) por entradas para a atração.
Este ano, serão disponibilizados 6 mil passaportes para os participantes, o equivalente a mais de R$ 1 milhão. “Em 2019, arrecadamos 18 toneladas de donativos. Nossa finalidade é ampliar esse número, beneficiando ainda mais as entidades assistidas”, informa o diretor executivo, Paulo Mentone, que completa: “Promovemos a ação social e, ao mesmo tempo, proporcionamos diversão para a comunidade. E isso é muito importante”.
Nesta edição, além dos moradores e entidades assistidas de Gramado, Canela, Três Coroas, São Francisco de Paula, Santa Maria do Herval, Nova Petrópolis e Igrejinha, serão contemplados também Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Farroupilha e Taquara. “Serão 14 entidades auxiliadas destas dez cidades, dentre casas de reabilitação, APAEs, centro de atendimento ao idoso e ONG’s de causa animal”, conta o executivo.
Para participar do Neve Solidária, é necessário levar o donativo em uma das instituições ou pontos de troca participantes até o dia 19 de março, e apresentar documento e comprovante de residência. Na ocasião, será entregue um cupom com código e chave de acesso que deverá ser validado antes da visita ao Parque no site.

Siga-nos