País se conecta a destinos até então sem operação comercial estimulando o turismo e a economia local

Por: Victor Maciel

A alta movimentação nos aeroportos do país vem estimulando e ampliando a malha aérea nacional. Prova disso, é que o país ganhou nos últimos meses dezenas de novas rotas para destinos que foram reativados e para os que, até então, estavam sem atividade comercial no país. Um levantamento realizado pelo Ministério do Turismo junto às empresas aéreas trouxe alguns desses voos que irão reforçar a conectividade das cidades brasileiras e ampliar a oferta turística dentro do Brasil.

A Gol Linhas Aéreas destacou a oferta de mais de 30 novos voos domésticos. Destes, dez são para destinos para os quais a empresa não tinha voado antes, como foi o caso de Salvador (BA)/Teixeira de Freitas (BA), Santa Maria (RS) e Guarulhos (SP). Isso inclui, por exemplo, a abertura de bases nessas localidades. As demais compreendem as novas rotas oriundas de lugares onde a Gol nunca decolou com destino para as bases já existentes da companhia. Exemplo disso, foi a cidade de Montes Claros (MG) que ganhou voos para Brasília (DF) e Salvador (BA).

A Latam inaugurou, em 2022, voos ligando os aeroportos de São Paulo/Guarulhos e Montes Claros (MG); Juiz de Fora (MG); Presidente Prudente (SP); Cascavel (PR) e Caxias do Sul (RS), além da nova rota Brasília (DF)-Sinop (MT). Além disso, a companhia retomou outras 10 rotas: Belo Horizonte/Confins-Curitiba; Belo Horizonte/Confins-Vitória; Curitiba-Fortaleza; Curitiba-Foz do Iguaçu; Florianópolis-Rio de Janeiro/Santos Dumont; Fortaleza-Vitória; Rio de Janeiro/Galeão-Foz do Iguaçu; Goiânia-Rio de Janeiro/Santos Dumont; São Paulo/Congonhas-Uberlândia e Curitiba-Porto Alegre.

Já a Azul Linhas Aéreas lançou neste mês de setembro uma nova opção de voo para a Rota das Emoções. De acordo com a empresa, a partir deste mês, a companhia irá aumentar a presença em Parnaíba e Jericoacoara, que fazem parte da região, com quatro voos semanais para a cidade paulista. Ainda de acordo com a empresa, o estado piauiense ganhará outra base, a partir de dezembro. A cidade de São Raimundo Nonato, porta de entrada do Parque Nacional da Serra da Capivara, ganhará voos que ocorrerão duas vezes por semana. A companhia também anunciou voos inéditos para o interior de Minas Gerais e 26 novas rotas que partem de Goiás, Pernambuco, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

MOVIMENTAÇÃO DE PASSAGEIROS - O setor aéreo é um importante meio de locomoção no país, sempre contribuindo para impulsionar o turismo. Em 2021, um em cada dez brasileiros em viagem utilizou este transporte para chegar até o próximo destino, segundo a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua Turismo 2020-2021 produzida a partir de uma parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em julho deste ano, mais de 7,6 milhões de passageiros voaram pelo país, configurando o melhor mês do ano para o setor, além de ser o melhor resultado para julho em três anos (2020-2022). Na comparação com 2019, o número representa 89% do volume de passageiros transportados. Os números foram divulgados nesta terça-feira (30.08), pela Agência Nacional de Aviação Civil.

Siga-nos